sábado, 30 de maio de 2015

Pincel com reservatório Koi Water Brush da Sakura


Olá artistas e arteiros de plantão!

Faz um tempinho eu estava assistindo ao programa da Fátima Bernandes e vi um chargista mostrando seu sketch book e que faz aquarelas em bares no Rio de Janeiro. Para não ter que montar toda nossa querida bagunça criativa (sou destas,kkkk) ele usa poucas cores para colorir e um pincel com reservatório. Imagina que não cobicei? kkkkk. Procurei na internet e achei este modelo da Sakura.

Como funciona?

A parte debaixo é um reservatório que você deve encher com água. Antes de iniciar o uso é preciso encaixar o reservatório no pincel e apertar levemente para a água descer até as fibras do pincel.



Como diz a embalagem, o tamanho da ponta pode ser o pequeno, médio ou grande. O meu é o médio.


Aqui mostro o reservatório com água. Achei bem legal porque a água vai saindo e umidificando as fibras da ponta.Rende muito a água, ajuda na economia!


Outra coisa que gostei foi que a ponta é bem fácil de lavar, claro se você fizer isso logo. Recomendo na hora de usar ter um papel toalha para ir limpando a ponta e não deixar acumular produto.


Apesar da fibra ser sintética e bem durinha não tive problemas de machucar o papel (testei em papel de aquarela, só vou ficar devendo fotos para vocês).

Enfim, adorei o produto, vou usar bastante, com certeza! Cinco girassóis de Van Gogh para este pincel!


sábado, 23 de maio de 2015

Caneta gel, como usar? Testei a Uniball Signo Angelic Colour


Olá artistas e arteiros de plantão, tudo bem?

Hoje eu vim falar da minha experiência com canetas gel. No começo torcia o nariz porque não gostava muito de misturar técnicas, mas ultimamente tenho visto muita coisa boa no seu uso.

Uma das coisas é a alta cobertura em superfícies secas e que não tenham pigmentos que possas se mesclar com sua tinta (tipo lápis aquarelável), o belo acabamento e como é legal usar estas canetas para fazer brilhos e pequenas correções. Também na maioria dos casos não transfere para o lado de trás, o que é ótimo para quem está pintando nos sketch books (cadernos de desenho em bom português) ou nos livros antiestresse.

Já usei muito as canetas douradas e prateadas para fazer cartões de papel vegetal (#anos90 #tôvelha kkkk), mas sempre para escrever, não para pintar, aliás, elas como tem uma ponta pequena não se prestam para pintar grandes superfícies ( a não ser que você seja rico ou dono da fabrica porque elas acabam logo).

Vamos ver a caneta em ação!




Fiz um teste em um papel com textura e achei que ficou muito legal, olha como destacou!


Já passando em cima do lápis aquarelável tive um pouco de problemas, a tinta da caneta se misturou com o pigmento do lápis, então aqui fica o meu alerta para vocês não fazerem esta combinação a não ser que tenha uma boa camada de lápis, quase encerando. Cuidado também se passar em cima de uma camada de nanquim, tem que estar extremamente seca e não ficar riscando várias vezes  porque o feito de mesclagem da tinta gel e o pigmento acontece também.



Tirando isso achei super válido meu investimento, a caneta me ajudou a fazer uns brilhos bem legais no meu último desenho, o retrato da Giovana.

Freitas, Josilene. Giovana. Técnica mista sobre papel. 2015



Resumindo...


A caneta gel deve ser usada sobre superfícies secas ou sobre materiais de pintura secos ou sem pigmentos que possam misturar-se a tinta dela. Possui boa cobertura e é uma mão na roda em trabalhos detalhados. Em especial esta da Uniball gostei muito, pena que acaba logo e é meio cara, paguei quase 9 dilmas nela, mas pela qualidade vou dar cinco girassóis de Van Gogh para ela.



domingo, 17 de maio de 2015

Livros interessantes antiestresse



Olá artistas e arteiros de plantão!


Tudo bem com vocês? Sim, eu estou mega atrasada neste post, mas como estou na expectativa da chegada dos meus livros de colorir antiestresse, aproveito para postar aqui os que achei com temas mais interessantes, para desestressar e até servir para estudar e aumentar conhecimentos estéticos e científicos. Eu comprei os mais famosos, se gostar vou investir nesses e mostro aqui minha prévia seleção (daqueles que tem conteúdo interessante e não caíram no piegas ou no brega, hehehehe) :D

Bichos

Só porque eu  amo gatos,kkkk, e estes me interessaram!




De literatura

Ai gente, que fofo! Um clássico da literatura!





 Com conteúdo artístico


Achei super legal a ideia porque é uma forma das pessoas conhecerem mais as obras e os artistas, mas confesso que dá um certo "medinho" de ver algumas pessoas tentando pintar os desenhos como os artistas e professores fotocopiando as imagens para os alunos pintarem.Até pode, dependendo da proposta. Pelo amor de Deus hein gente, criatividade acima de tudo!

 



Mandalas


Achei o mesmo dos livros com conteúdo artístico e acho que devem ser um dos mais relaxantes, mandalas tem este ligação com o religioso. Também tem a relação com a matemática, e não deixa de ser uma forma de estudo.


Científico



 Confesso que achei genial, já pensou que forma gostosa de estudar? Acho que deveriam lançar logo o com desenho de outros temas, eu iria adorar um de física e química. 

E aí, quais vocês compraram e me indicam?