sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Lápis Mars Lumograph 8B da Staedtler



Oi artistas e arteiros de plantão, tudo bem?
Sim, estou sumida, sim está difícil com a minha bebê buttttttt voltei com um lápis que queria resenhar faz tempo para vocês, este 8B da Staedtler. Para quem não sabe, quanto maior o número do lápis mais escuro ele é, então este lápis é unicamente aconselhável para se fazer sombreamentos.



O que me chamou a atenção foi a ponta, é bem grossa, isto quer dizer, tem bastante mina e vai render.


Para minha surpresa  também o lápis é bem seco, lembra um pouco a textura de carvão. Por isso se você quiser fazer um desenho mais esfumaçado com ele recomendo usar em folhas lisas tipo sulfite senão vai ficar marcado.




Achei ele bem legal para esfumaçar com dedo, algodão ou esfuminho no sulfite. E fica bem preto, fosco, porque convenhamos, alguns lápis da linha B rebatem tanta luz que ficam mais claros... Ninguém merece né?!



Aqui é um pequeno estudo que fiz para vocês observarem porque não tive tempo ainda de fazer um desenho mais elaborado com ele.



Agora aqui eu mostro um trabalho super bonito do meu ex-aluno Vinicius Maciel usando este lápis para vocês terem uma ideia da textura dele no papel canson de estudante.


 Wolverine. Maciel,Vinicius. Lápis grafite sobre canson. 2014
Resumindo...

O lápis da Staedtler 8B Mars Lumograph tem uma mina bem grossa e é bem escuro, além de não ficar brilhante e rebatendo luz. Tem uma textura mais seca que lembra carvão e talvez alguns não gostem muito por isso. Eu gostei por isso dou 5 girassóis de Van Gogh para o material.


Até a próxima pessoal! :D

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Ensaio fotográfico de gestante: Como fotografar e como ser a modelo!

Olá artistas e arteiros!

Hoje eu vim falar um pouco da minha experiência de ser modelo em um ensaio gestante e dar algumas dicas de como fotografar estas mulheres em uma fase tão especial (para você que vai arriscar fazer isso em casa).

No início estava sem vontade de fazer este ensaio, ficar mostrando minha barriga.

Gravidez deixa a gente em parafuso tem horas em relação a aparência, mas no final acabei fazendo porque é uma fase muito especial e não sei se vou ter mais filhos para ficar barriguda de novo.

Então era melhor aproveitar a ocasião. Só não fiquem nervosas como eu fiquei porque acho que isso foi um dos motivos que fez minha filha nascer prematura no dia seguinte do ensaio,kkkk.




Para quem vai ser modelo gestante...

1) Tente fazer o ensaio com 6 ou 7 meses de gravidez. Quanto mais perto da hora do parto mais inchada ficamos e mais encanadas também. 

2) Procure um bom profissional para fazer suas fotos. É um momento muito especial na vida da gente e merece este carinho. Se não tiver dinheiro dê uma olhada nas dicas que vou deixar abaixo e quem sabe o marido, aquela sobrinha ou amiga não consiga registrar de forma mais digna sua linda barriga :D

3) Antes de ser modelo procure dar um jeito nas unhas, no cabelo. Nada de penteados extravagantes e maquiagens fortes (a não ser que você fique irreconhecível sem maquiagem). Já imaginou daqui alguns anos seu filho (filha) olhando seu ensaio e falando que você era cafona! Não dá né!
Fazer as unhas um dia antes...as minhas descascaram e não consegui retocar! Pensei bem antes de postar esta foto, mas ela ficou tão bonita, vale a pena.


4) Antes do ensaio tente usar roupas que não deixem marcas na pele, até dormir sem lingerie recomendo. Eu usei uma calça com elástico, fiquei com uma marca na barriga muito feia e muitas fotos foram comprometidas por isso.

5) Selecione objetos legais e roupas bonitas que o bebê ganhou para levar no ensaio, além do tradicional sapatinho. Você poderá daqui alguns anos contar esta história para o bebê e vai ser interessante.

6) Pense fotos criativas e que tenham a ver com a sua personalidade e profissão.


Tinha que ter uma foto minha com material artístico né kkkkk


7) Caso for fazer ensaio com o marido só cuidado com fotos sem camisa. Vi muitas fotos que ficaram vulgares, pareciam mais ensaio de casamento do que de gestante,kkkk. Bom senso sempre!

8) Tente fazer o ensaio com seu marido ou companheiro (companheira). É legal para a criança ver esta relação de afeto.





Como fotografar gestantes...




1) Lembre-se que fotografar é desenhar com a luz, então caprichem nisso! Vale a luz da janela, brincar com um abajur, lanternas. Aproveitem a fotografia digital e a possibilidade de tirar muitas fotos e mudem as fontes luminosas ou a modelo para descobrir qual a melhor posição.

2) Cuidado com o cenário, a gestante e sua barriga é o principal. Ás vezes é melhor tirar uma foto da gestante com uma parede branca como fundo do que um quarto bagunçado. Ensaios ao ar livre são uma boa sugestão.

3) De nada adianta ter uma boa luz e cenário se o seu equipamento não está bem regulado ou não é apropriado. Prefira as câmeras compactas aos celulares (salvo raras exceções tipo Iphone,kkkk).

4) A pele da modelo não está lá estas coisas? O pé está megaaaaaaaa inchado? Por que fotografar isso, dar um belo "close"? Os fotógrafos precisam ter essa sensibilidade para depois não ficarem falando mal da modelo e do seu trabalho. 

É um momento muito especial onde devemos registrar o que é bom e desfocar ou não registrar o que é ruim,kkkk. Filtros e leves retoques são válidos, porém cuidado com exageros!




Agora aqui deixo mais algumas fotos do meu ensaio fotográfico feito em estúdio e que eu retoquei algumas (não estava incluso isso no pacote). Espero que gostem e aproveitem algumas ideias!


Amei este urso que a minha mãe comprou para ela, muito fofo né!

Olhem o letreiro que citei no post sobre meu chá de bebê que não aconteceu.


...e com cara de arteira, rsrsrs

Quase uma mamãe Noel :)



Espero que tenha ajudado e tenham gostado. Qualquer dúvida, sugestão ou comentário deixem aqui para mim. Até mais pessoal!


domingo, 1 de fevereiro de 2015

Porta-convites (envelope diferente) de borboleta

Olá artistas e arteiros!

Fiz algumas semanas atrás um post sobre meu chá de bebê (que no final não aconteceu,rs) e comentei sobre o convite e um envelope diferente em formato de borboleta. Hoje vim aqui mostrar para vocês ele e tentarei explicar como eu fiz.

Para quem não leu o post anterior fiz um convite e o enrolei como um pergaminho, que aqui no caso ficou como a parte central da borboleta.


Tirando o pergaminho vocês podem ver melhor como é a estrutura deste porta-convites (ou envelope diferente). O legal é que esta ideia você pode fazer outras coisas, como um porta guardanapos, por exemplo. É só mudar o formato do papel e dar asas literalmente à sua imaginação.

Vamos lá então?


Para começar eu desenhei uma borboleta pela metade, usando o conceito de simetria, em uma folha sulfite dobrada ao meio na vertical. Logo peguei uma tesoura e cortei o formato com a folha ainda dobrada. O resultado é como vocês viram acima.

O pulo do gato são estes dois cortes que fiz no centro. Eles medem 1 cm de largura e 2 cm na altura. 

Após recortar vocês tem que dobrar esta parte até o limite do corte. Com isso conseguimos com dobradura criar um quadrado, já que como a folha estava dobrada, a medida de 1cm vira 2cm, então temos ai uma forma geométrica de 2cm por 2cm.


Aqui nesta imagem dá pra ver melhor o quadrado. Para formá-lo, volte a dobrar a borboleta ao meio porém coloque esta parte no centro.

Prontinho! Agora é só enrolar seu convite e acrescentar aqui. 

 Espero que tenham gostado! Até mais pessoal!