domingo, 29 de junho de 2014

Testei: lápis 2B e 6B Premium sextavados da CIS

Olá artistas e arteiros!

Depois de uma semana bem atribulada venho compartilhar com vocês o que achei do lápis 2B e 6B da CIS. Nem lembrava que tinha lápis desta marca, devo ter comprado em um momento de desespero, quando todos os meus lápis somem,kkkk. 
Brincadeiras a parte, tenho alguns materiais deles que gosto muito como um compasso que faz o maior sucesso com meus alunos (pena que olhei na página da marca e está fora de linha).

Perguntaram se eu já havia testado este lápis por um belo motivo, ele é muito barato! Não lembro exatamente quanto paguei nos meus porém pelo que dei uma pesquisada na internet o preço está na média de R$1,00.

O lápis é extremamente confortável para se segurar e bem macio. Até estranhei no primeiro momento, achei que o 2B fosse um 4B. Ele esfumaça super bem o que é um ponto positivo para a marca.

Fiquei com medo do 6B ser falsificado, mas funcionou direitinho,kkkk.


A madeira para apontar também é extremamente macia e fácil de apontar. O único problema é que a mina é bem fraca e quebra fácil, então, se você é um desastrado vai ter tomar cuidado em dobro porque caiu, quebrou!

Também achei algumas pedrinhas no meu lápis 2B, mas nada que comprometesse seu uso.

Vou postar algumas fotos de um desenho que fiz semana passada por encomenda. Não vou mostrar inteiro porque não tenho autorização. Fiz estas sombras no esboço.

Primeiro com o lápis 2B, fiz uma base com movimentos circulares no rosto e no cabelo fui riscando.



O 2B foi tranquilo e o 6B também achei bem satisfatório. Só achei que ele vai acabar rapidinho em um desenho maior. Ele é bem preto, me surpreendeu neste quesito.


Até que para um sombreamento feito correndo ficou legal né, achei bem satisfatório.

Concluindo...

Os lápis sextavados da CIS são uma ótima opção para você que quer um lápis barato. São fáceis de se encontrar e tem no mercado um preço bem convidativo. Os únicos problemas que apresentaram são a mina bem frágil e algumas pedrinhas no lápis 2B (pode ser um problema do lote, sou super azarada neste quesito,rs).

Quatro girassóis de Van Gogh pra ele!


Espero que tenham gostado! Até a próxima pessoal!

domingo, 22 de junho de 2014

Tutorial em vídeo: Como pintar e misturas as cores com o lápis de cor.


Olá artistas e arteiros de plantão!


Recebi uma mensagem muito fofa da Marina pedindo ajuda com o lápis de cor. Ela queria dicas de como se mistura as cores.

Já disse que meu objetivo no blog é mais mostrar os materiais e técnicas e não ensinando, mas acho bem válido ajudar os iniciantes sobre como usar, pois vejo que tem gente que sofre horrores!

O vídeo é voltado para o público bem iniciante, então se você já tem um certo treino não vai ajudar muito. 

Peço mil desculpas porque foi uma epopeia fazer o vídeo. Ele ficou todo recortado porque uma hora era a bateria que acabava, outra o cartão de memória que estava cheio, fora o meu sotaque do interioor de São Paulo e eu me empolgo e falo demais,kkkk. 

Até gostei da brincadeira viu, quem sabe não me arrisco em outros? :D




Já quem não tem paciência de assistir ao vídeo fiz este resumo (do resumo) do que mostro lá.

Saiu errado ali em cima, a frase ficou incompleta, deixe a ponta mais grossa para esfumaçar.


Espero que vocês tenham gostado. Espero comentários positivos e construtivos :D

Bjs para Marina e para todos que estão sempre por aqui!

domingo, 15 de junho de 2014

DIY - Festa junina com tema da Copa! (parte II)


Olá artistas e festeiros de São João de plantão!


Como prometido voltei para trazer o que fiz para a festa junina da minha mãe deste ano, o que deu certo e o que não foi tão bom assim. Este ano estamos em clima de copa do mundo então abusamos do verde e amarelo na festa. Eu fui uma das mais empolgadas e usei até um "vestido" com o tema brasileiro,rs. 

Gostaria de deixar aqui enfatizado que boa parte do trabalho que vai ser apresentado aqui é arte da minha mãe Maria Olímpia e da minha irmã Jussara, sem elas teria sido impossível ter ficado tão legal e do meu irmão Junior, que cuidou das instalações elétricas e ajudou na parte da força física (carregar mesas, cadeiras, etc).

Convite

Sempre é bom fazer um convite para enviar para os parentes e amigos, já que muitos não encontramos todo dia e pela internet é muito mais fácil de enviar. Para confeccionar procurei texturas xadrez gratuitas para usar no meu convite e fiz a montagem toda usando o photoshop. 

Deixo aqui duas que achei bem bonitas (o duro de textura gratuita é a qualidade, mas se você é da área de design gráfico pode criar a sua e tirar de letra).


Já comentei em um post sobre tipografia, a regra das fontes de letra nos cartazes. A regra continua a mesma. Achei que ficou bem fofo e mostrando já um pouco que estava por vir na festa. Aqui é uma versão adaptada, tirei os dados da minha festa e coloquei o logo do blog.



Decoração

Este ano a ideia da minha mãe era criar algo especial em cada canto da casa. Nem preciso dizer que deu o trabalho do cão né,kkkk. Acho que é por isso que estou com dor de cabeça até agora de ficar olhando para cima e arrumando as coisas, mas valeu muito a pena!

 Minha mãe de caipirinha puxando o terço.
Aqui vocês podem ver o altar com os santos. Este ano como já havíamos comprado muitas bandeirinhas e enfeites no ano passado, investimos em tecido de chita para decorar as mesas e o altar. Houveram algumas discussões sobre o fato da chita amarela combinar com o fundo do santo só que achei que ficou bem legal porque o tecido T.N.T. (que significa tecido não tecido) azul do fundo, fazendo as vezes de um céu estrelado neutralizou e ajudo a destacar ele.
O único problema foi pendurar o T.N.T., tentamos com fita dupla face e ela não deu conta. Só depois lembrei que existem fitas que aguentam maior quantidade de peso. É só perguntar nas papelarias #fica a dica#

Pena que não consegui tirar foto do balão que estava pendurado no lustre.Compramos ele em uma loja de festas e tem uma estampa bem parecida com a chita do altar. As estrelas fizemos com papel contact prata.

Os santos tem uma estrutura de madeira e as imagens vocês compram em casa de festas. Decorei com flores e babadinhos de papel crepom e o acabamento foi feito com fita de cetim azul.







Eu e meu marido no coração verde e amarelo.
A festa foi bem no dia de Santo Antonio e queríamos que os convidados tivessem cantinhos para se divertir com tema do Brasil e do santo com fama de casamenteiro.
Fizemos este cenário com este coração de arame decorado com flores de papel crepom verde e amarelo (aproveitando o clima de copa e felizes que o Brasil ganhou o primeiro jogo).
Para não ficar sem graça o fundo, pegamos fita metalóide e enfeitamos a parede. A minha dica para se fazer o cenário é fazer ele duas vezes maior que o coração, achei que ficou pequeno.

Outra coisa legal é deixar acessórios para o pessoal brincar na hora de tirar fotos. Fiz duas plaquinhas. Em uma delas estava escrito #felizes para sempre# valeu Santo Antonio! e na outra #sou para casar# Ajuda Santo Antonio. 
As duas placas tinham as cores da bandeira do Brasil, foram feitas com folhas de papel creative e a parte escrita com cola colorida. Haviam algumas bandeirinhas do Brasil também. As fotos ficaram ótimas e super divertidas!



  

Assim que os convidados chegavam davam de cara com esta parede decorada com este Santo Antonio (enfeite comprado em casa de festas, mas dá para adaptar com papel dobradura e mandar imprimir a imagem em gráficas rápidas) e este enfeite de parede feito de tiras de papel color set grampeados, super fácil de se fazer.


É só cortar uma tira menor para ficar no centro e quatro maiores, duas de cada lado. Grampeie todas juntas no inicio e junte todas as pontas no final. As maiores vão ficar curvas. Faça várias e depois emende uma na outra até ficarem do tamanho desejado e grampeie para uni-las.








No mesmo espaço estava a mesa com os quitutes. Combinamos com os convidados para trazerem um prato de salgado.
Então providenciamos os doces e para ganhar mais espaço pegamos caixas de frutas da feira que foram descartadas e elas funcionaram como se fossem prateleiras, aumentando o espaço na mesa. Usamos chapéus de E.V.A. com um pedaço de chita dentro para colocar alguns doces. Esses chapéus são distribuídos em festas de rodeio como brindes.


O enfeite da parede foi comprado em casa de festas e a toalha da mesa foi feita com chita. 








Este ano o espantalho estava fantasiado de Neymar, então ele é o Neymar Garboso,kkkk. Coloquei nele uma máscara que achamos na internet para imprimir.

O que atrapalhou foi que não achei um lugar para fixá-lo direito sem sujar a roupa que peguei emprestada,rs, então ele ficou meio solto. 

Também tive problemas com a fogueira, tentei amarrar as fitas em um circulador de ar só que uma delas acabou se enroscando no motor, aí já viu,kkkk. Depois peguei este ventilador para substituí-lo só que não coube direito na estrutura da madeira que eu havia montado anteriormente. 
A ideia é boa, mas seu eu for fazer isso de novo no ano que vem, ao invés de amarrar direto no ventilador acabei decidindo amarrar as tiras em uma grelha de churrasqueira e por ela por cima, vai ser bem melhor (e menos arriscado). 




Meu figurino





Fiquei pensando como iria vestida na festa. É uma dureza né, cada ano tem que ter uma roupa diferente,rs. Já que estamos em clima de copa resolvi compor meu falso vestido com uma saia de uma fantasia dos anos 50 e uma regata com recortes da nossa bandeira brasileira. Complementei com uma blusa de manga comprida branca, uma fita de cetim verde, meia calça azul marinho e sapatilha azul. Curti muito o resultado!


Espero que tenham gostado e peço desculpas porque não fiz o vídeo sobre sobre os babados de crepom. Se quiserem deixem nos comentários porque agora estou de férias e com mais tempo.



Boa semana para vocês, arrasem nas festas juninas! 

E vai que é tua Bra sil sil sil! :D

domingo, 8 de junho de 2014

DIY - É junho, é tempo de festa junina! Dicas de decoração (Parte I)

É hora da fogueira para artistas e festeiros de plantão!


É junho, é copa, é festa junina, e um monte de coisas para fazer,kkkk. Sério pessoal, quase deixei sem post novo esta semana, estou lotada de coisas e mil ideias na cabeça. 
Vim hoje trazer algumas ideias de festas juninas que já fiz e achei que ficaram bem legais.

A primeira festa a gente não esquece,kkkk. Um monte de coisas não ficaram como eu gostaria e outras superaram minhas expectativas. Vim trazer algumas ideias do ano passado porque esta semana tem festa de novo e várias ideias novas (ainda mais com o tema da copa entrando na festa). Semana que vem tem a parte dois.


Mãos a obra!

A mesa

Como todo artista conectado a primeira coisa que fiz foi fazer uma pesquisa básica. Algumas ideias para a decoração de mesa é servir os alimentos dentro de chapéus de palha. Achei que ficou muito charmoso! Para deixar um pouco mais colorido minha mãe fez guardanapos de chita.

Colocamos paçoquinha e pacotes de amendoim no chapéu, fica mais higiênico.
Acho muito legal também fazer este babado com franzido nas bordas do prato. É só usar uma fita dupla face, cortar o papel crepom e vir apertando o mesmo em baixo e pressionando na fita. Vou ver se faço um vídeo porque tem muita gente que não sabe fazer isso (fica para a parte dois). Ah, e esse doce de leite para comer de colher? Tudo de bom!

 Aqui uma visão mais completa da mesa.
Acho bem legal a ideia da chita também porque ela é muito colorida e tem aquele ar rústico. Aqui é bem legal porque dá para ver como ela deu vida a uma toalha de mesa branca básica.

Área externa



Esse aqui é o Garboso, meu xodó,kkkk. Queríamos fazer algo lúdico no lado de fora e espantalho tem tudo a ver com o tema. Para quem não percebeu ele é feito com uma vassoura, Coloquei um chapéu, fiz os olhos com botões e a boca com um pedaço de fita de cetim. A camisa está com um cabide dentro, que pendurei por trás. Para escondê-lo coloquei um lenço bem colorido.

No fundo há um limoeiro e nele colocamos um pisca-pisca e para dar um charme pegamos forminhas de cupcake e transformamos em lanternas. A foto não está ajudando muito então achei esta outra referencia para vocês na internet.


Painel

Fiz uma festa com a família do meu marido e apesar da empolgação temos um sério problema lá, a feiura da parede. Gente, que drama! E para disfarçar isso eu sofri, mas fui bem sucedida com uma ideia simples, inspirada na obra do artista Alfredo Volpi. Recortei bandeiras em cores fortes e todo mundo adorou ir lá para tirar fotos.

 Eu (a primeira, da direita para a esquerda) e meus sobrinhos lindos!